São Paulo, 27 (AE) – O táxi em que viajava, na noite de quarta-feira, a cantora Preta Gil, filha do ministro da Cultura, Gilberto Gil, foi abordado por dois homens em uma motocicleta, quando passava pela Av. Padre Lebret, no Jardim Leonor, Zona Sul da capital. Policiais que estavam nas proximidades conseguiram impedir a consumação do roubo. Um marginal foi preso e outro fugiu.

A acompanhada pela produtora de seu novo programa na TV Bandeirantes, a cantora estava a caminho da emissora para a gravação de seu novo programa. Era por volta de 20h00 e o táxi estava próximo ao Hospital Albert Einstein. Os ladrões se aproximaram na motocicleta e o garupa, que estava armado, conseguiu arrancar a bolsa da produtora.

Nesse momento, um Pm à paisana, que estaria em um carro, e um investigador do DHPP avançaram na direção dos marginais, derrubando-os da moto. O que estava na garupa conseguiu levantar-se e fugir com o veículo. O piloto foi dominado e detido. A bolsa foi recuperada. No 34º DP-Vila Sônia, onde foi autuado em flagrante, identificou-se como José Rafael Ferreira Martins, de 18 anos, que se encontrava em regime de liberdade assistida, pela Febem.