Brasília – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou, há pouco, no plenário da Casa, a composição da comissão parlamentar mista de inquérito que investigará denúncias de corrupção envolvendo parlamentares e assessores legislativos na compra de ambulâncias com recursos do orçamento federal, a chamada CPI dos Sanguessugas.

O próprio presidente do Senado fez a indicação para as vagas destinadas a quatro partidos que não haviam escolhido seus representantes na comissão: PP, PL, PCdoB e PDT.

Pelo Senado, Renan designou os senadores Jeferson Peres (AM), para a vaga do PDT, e Leomar Quintanilha, para a do PCdoB. Para as duas vagas destinadas a deputados do PP, ele indicou os nomes de Mário Negromonte (BA) e Benedito de Lira (AL). Para a vaga do PL, foi designado o deputado Luciano Castro (RR).

A CPMI é composta por 18 deputados federais e 18 senadores.