Com a entrega, em março, da sexta unidade de saúde 24 horas de Curitiba, a US Pinheirinho, o prefeito Beto Richa deu mais um passo para cumprir, até o fim deste ano, todos os compromissos projetados, inicialmente, para quatro anos de gestão. Com investimento de R$ 11 milhões, previsto para este ano na Saúde, Richa vai encurtar, de quatro para dois anos, o tempo para colocar em prática as medidas anunciadas para o setor.

A US 24h Pinheirinho tem capacidade para atender até 700 pessoas por dia. Ao mesmo tempo, a Prefeitura está reformando – e ampliando – as outras cinco unidades 24h já existentes. Estão em obras de reforma as unidades Fazendinha, Boqueirão e Sítio Cercado e em construção a US 24 horas do Cajuru. Também já foi lançada a pedra fundamental da Unidade 24 Horas da CIC.

Também estão em construção as unidades básicas de saúde Monteiro Lobato e Rio Bonito, no bairro Campo do Santana. Outra obra em andamento é a Unidade de Saúde Mãe Curitibana, no bairro São Francisco que vai integrar as unidades da Mulher com a de Saúde da Criança.

Com recursos do Fundo Municipal da Saúde está sendo feita uma reforma geral, com adequação das salas e consultórios, nova instalação elétrica com a colocação de novas luminárias. O estacionamento vai passar por reforma e será construída uma casa de lixo no subsolo. Nestas obras estão sendo investidos R$ 366,1 mil.

Juntas, estas oito unidades terão capacidade para 4.000 atendimentos por dia. Nestes locais, onde estão sendo reformados e construídos novos prédios, vivem 1,07 milhão de pessoas que serão beneficiadas por estes postos. Além disto, os postos 24 Horas podem ser utilizados por moradores de toda a cidade.