Uma antiga reivindicação de moradores e empresários da região Sul da Cidade Industrial foi atendida pela prefeitura no mês passado. Trata-se da implantação de iluminação nas ruas José Rodrigues Pinheiro, Celestino Messing de Siqueira e Manoel Waldomiro de Macedo, as principais vias de acesso à região.

O trabalho faz parte do projeto de expansão das redes de iluminação pública para os locais onde ela não existia, oferecendo mais segurança à população.

O empresário Carlos Vivaldi, diretor da Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba (AECIC), afirma que a falta de iluminação nesses trechos era um problema sério e a solução era uma antiga reivindicação da população e dos empresários.

"Tanto a população como os empresários estão satisfeitos com a ação da prefeitura. Era um pedido antigo que agora foi atendido graças ao prefeito Beto Richa", disse ele. Vivaldi conta que a impressão que se tinha era que a cidade acabava exatamente no ponto onde se inicia o pólo industrial da cidade. "Quem vinha do bairro Pinheirinho em direção à avenida das Industrias tinha a sensação que a cidade tinha acabado, era uma escuridão só", contou ele.

A implantação da rede consiste na colocação de postes, cabos elétricos e luminárias. O projeto desenvolvido pelo Departamento de Iluminação passa pela aprovação da Copel, concessionária do serviço que tem como padrão normas estabelecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Depois de implantada, a rede é doada à Copel.

Na regional da CIC, onde se concentra os maior número de empresas, os trabalhos iniciaram pela rua José Rodrigues Pinheiro. Lá foram 638 metros de cabos elétricos, 18 luminárias (250w) e 13 postes. Já na rua Celestino Messing de Siqueira, onde os trabalhos já estão concluídos e só falta o fechamento da medição, a estimativa, foram 600 metros de cabos elétricos, doze postes e 15 luminárias. Na avenida Manoel Waldomiro de Macedo, principal via de acesso à Administração Regional da CIC, as equipes assentaram oito postes, Nesta via serão implantados 325 metros de cabos e nove luminárias. Segundo o administrador regional da CIC, Dirceu de Matos, os trabalhos serão concluídos até o fim do mês.