O governador Roberto Requião recebeu, nesta quinta-feira, mais um grupo de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Desta vez, o encontro na residência oficial do governador atendeu reivindicações de 15 municípios paranaenses, que apresentaram pedidos para obras, como construção de quadras cobertas, postos de saúde, pontes e de pavimentação de ruas e avenidas.

?O governador demonstra seu desprendimento ao atender os prefeitos, vices e vereadores e, ainda, ao anotar pedidos das comunidades e as reivindicações mais urgentes. Desta forma, aos recebê-los agradavelmente, Requião conquista o apoio de todos às mudanças que estão ocorrendo no Paraná?, afirmou o deputado estadual César Seleme (PP), que organizou o encontro.

O vereador Renato Afonso, da cidade da Lapa, agradeceu os investimentos que o governo do Estado está realizando no município. ?O governador liberou R$ 2,4 milhões para revitalização do Cine Imperial. Da outra vez, foram R$ 3 milhões para obras viárias. Agora, autoriza a construção de um posto de saúde no valor de R$ 50 mil. São exemplos que posso dar e pelos quais agradecemos o empenho do governador?.

Postos de saúde

A cidade de Mandirituba, na região de Curitiba, vai receber um aterro sanitário, cancha de esporte e posto de saúde. Requião lembrou ao vice-prefeito Antonio Taborda que o governo do Estado licitou a recuperação de 18 quilômetros da PR-419 que liga Mandirituba até Agudos do Sul num custo aproximado de R$ 5,2 milhões. A obra, disse, inclui a recuperação de trechos de outras duas rodovias estaduais na região.

O prefeito de Irati, Sérgio Stoklos (PSB), agradeceu o apoio de Requião na construção de um teatro municipal 500 lugares que será construído numa área de 10 mil metros quadrados. O município, no Centro-Oeste do Estado, vai receber quadras cobertas, posto de saúde e pavimentação de dois quilômetros da Avenida Vergílio Moreira.

?Também vamos firmar uma parceria para construção, reforma e ampliação de escolas, daquelas que funcionam municipal e estadual juntas, para pavimentação de pedra irregular e extensão da rede de esgoto da Sanepar?, destacou Stoklos.

Programas sociais – Os vereadores Hugo Biesczad e João Ari Miranda, de Mallet, reivindicaram a pavimentação, com lama asfáltica, de 40 quilômetros da PR-153 entre o distrito de Rio Azul até o município Paulo Fontrin. Requião liberou ao município a estrutura para construção de uma ponte no rio Braço do Pertigo, no distrito de Colônia 6.

?O governador vem atendemos de forma prestativa. A Tarifa Social da Sanepar e a Luz Fraterna da Copel, por exemplo, atendem 1,5 mil famílias em Mallet?, disse o vereador João Ari Miranda (PSC).

O prefeito de Cruz Machado, Euclides Pasa Bibi (PDT), destacou também os programas sociais do Governo do Estado. ?Os programas atendem principalmente pessoas de baixa renda, a população pobre. Com o apoio do Governo do Estado, também temos o programa de agentes comunitários, com 30 agentes, e o programa Saúde da Família, que atendem 90% da nossa população, que é formada por pequenos agricultores?, apontou.

Euclides Bibi solicitou ao governador a extensão de projetos na área de saúde, incentivo à agricultura e a pavimentação na área urbana do município, além da construção de quatro pontes. Requião liberou a construção de duas pontes e afirmou que a pavimentação de ruas e avenidas pode ser feita através da Sedu (Secretaria de Desenvolvimento Urbano). ?Podemos financiar R$ 900 mil junto a Sedu para a pavimentação urbana?, confirmou o prefeito.

Sem discriminação

Ao final do encontro com os prefeitos e vereadores, o governador fez questão de frisar que atende os municípios sem qualquer tipo de discriminação partidária. ?Eu não pergunto ao prefeito em qual partido que ele está filiado. Se o prefeito foi eleito pela população tem que ser bem atendido no meu governo?, afirmou Requião.

?Qualquer tipo de discriminação é uma tolice pobre e medíocre. Isso não acontece no meu governo?, completou.

Do encontro participaram ainda os vereadores Ailton Alves de Oliveira (São José dos Pinhais), Demétrio César Tronon (Pinhais), Antonio Emilio Caldeira e José Carlos Gonçalves (Guaratuba), Carlos Alberto Merhy (Telêmaco Borba), José Ribeiro (Quintandinha), Marcelo Rodrigues e Antonio Roberto Cequimel (Irati), Mario Wiczorek (Palmeira), Antonio Carlos Gaissler Guimarães e Natal Cararo (Mallet), Gilberto Ribas (Colombo), Maurício Andreguetto (Cruz Machado) e Leônidas Ritzmann (Pien).

E os Luciano Merhy (Congoinhas), Walfrido Eduardo Prado (Quitandinha), Hussein Bakri (União da Vitória), Altamir Sanson (Palmeira) e Francisco Antonio Arantes, vice-prefeito de Matinhos.