Os preços administrados por contrato e monitorados pelo governo caíram 2,23% em Curitiba no mês de maio, uma queda superior à deflação de 0,36% no IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Nos cinco primeiros meses de 2003, as tarifas públicas aumentaram 3,98% e nos últimos doze meses, encareceram 17,22%. Nos mesmos comparativos, a inflação em Curitiba foi maior: 6,80% e 17,24%, respectivamente. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)