Depois de um ano e dois meses de trabalho, a ponte sobre a represa Capivari-Cachoeira, em Campina Grande do Sul, será entregue ao tráfego na terça-feira, restabelecendo a normalidade na ligação de São Paulo com o sul do País. A ponte, na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), caiu em 25 de janeiro de 2004. O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (Dnit) espera a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na reinauguração.

O engenheiro do Dnit, Ronaldo Jares, acredita que amanhã (25) terminará o trabalho de colocação da capa asfáltica. A pintura das faixas e sinalização devem ser feitas na segunda-feira. O primeiro prazo dado pelo Dnit para o término das obras havia sido agosto do ano passado. Mas o trabalho foi se estendendo, sobretudo em razão de problemas climáticos. Incluindo as novas balanças foram gastos R$ 29 milhões nas obras

A partir da entrega dessa ponte, o Dnit vai interromper o tráfego em uma das pistas da outra para que sejam feitas obras de reforço. Serão trocadas as juntas de dilatação e colocada nova capa asfáltica. Jares acredita que o trabalho esteja terminado em duas semanas. Um deslizamento na cabeceira da ponte provocou o desabamento de dois conjuntos de pilares e cerca de 80 metros de laje. No acidente, um caminhão caiu na represa e uma pessoa morreu.