O governador Roberto Requião assinou nesta quinta-feira (22) ordem de serviço para execução das obras de recuperação dos 15 quilômetros do acesso entre a cidade de Ponta Grossa e o distrito de Biscaia. O investimento é de R$ 2,6 milhões.

?Estamos investindo R$ 1,2 bilhão na recuperação dos 10 mil quilômetros da malha viária do Estado. A nossa meta é entregar até o fim do ano 95% das rodovias estaduais em perfeitas condições?, afirmou o governador. ?Além de recuperar estradas, estamos duplicando rodovias e construindo outras?.

Segundo o secretário dos Transportes, Rogério Tizzot, os investimentos na rodovia em Ponta Grossa são fundamentais para a economia do município e dos Campos Gerais por ser o caminho natural para o transporte da produção agrícola e das jazidas de calcário presentes na região.

?Pela intensa atividade econômica da cidade, não apenas as estradas estaduais que a cortam devem estar em ótimas condições, mas também as municipais, que são vitais para o transporte da safra e da produção industrial, principalmente de madeira e calcário?, detalhou.

Extensão 

A obra é a continuação dos serviços que já foram executados no segmento de 16 quilômetros da rodovia que liga Ponta Grossa, a Passo do Pupo e Itaiacoca (PR-513). ?Estamos trabalhando desde o início de 2003 em diferentes frentes de trabalho. Também em Ponta Grossa recuperamos os 10 quilômetros da estrada municipal que liga o campus da Universidade Estadual (UEPG) de Uvaranas à PR-513?.

Ainda na região dos Campos Gerais, seguem em pleno andamento as obras de recuperação dos 40 quilômetros entre Ponta Grossa e Palmeira (PR-151), outra via considerada estratégica. As obras devem ser concluídas até o mês de setembro, com a aplicação de R$ 3,5 milhões. ?A via começa ainda na divisa com Santa Catarina, em São Mateus do Sul, onde reativamos obras importantes de pavimentação em setembro do ano passado, segue para São João do Triunfo, Palmeira, chegando finalmente até Ponta Grossa, sem pedágio?, finalizou Tizzot.