A Câmara Municipal de Campo Largo cassou na noite desta quarta-feira o mandato vereador Nelsão, do PMDB, por sete votos a dois, por quebra de decoro parlamentar. A Policia Militar mobilizou aproximadamente 120 policiais para cuidar da segurança durante a Sessão Extraordinária.

Somente veículos oficiais e imprensa foram autorizados a estacionar no perímetro. Além disso, as pessoas que foram assistir ao julgamento passaram por revistas. A medida foi para evitar que atos de violência, como os ocorridos durante a sessão que votou o relatório da Comissão de Ética, se repitissem. Naquela ocasião até mesmo um ovo foi atirado contra os membros da mesa diretora da Câmara.

Nelsão foi a julgamento após agressão contra o vereador Wilson Andrade (PSB), ao final da sessão do dia 21 de março. O acusado desferiu uma cabeçada contra o colega, dando inicio a uma briga generalizada dentro do plenário.