O vereador Celestino Denardin, da cidade de Braganey, na região oeste do Paraná, foi multado em R$ 30 mil por assistir filme pornográfico em um computador da Câmara de Vereadores da cidade. Conforme nota de esclarecimento da casa, o político assinou Termo de Ajustamento de Conduta e recebeu a punição pecuniária, além de enfrentar um processo interno que pode acabar com sua cassação.

+ Você sabia que está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana? Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!

Ainda segundo a nota, a conduta do vereador “pode gerar a quebra do decoro parlamentar”. Por isso, serão tomadas providências contra as atitudes classificadas como ‘imorais’ do parlamentar. “A Câmara de Vereadores de Braganey tomará todas as providências pertinentes, não sendo conivente de forma alguma com condutas imorais praticadas por qualquer um dos vereadores”, diz o texto do presidente da casa, vereador Adriano da Silva.

O caso também foi investigado pelo Ministério público de Corbélia, sede da Comarca, que determinou a multa ao político e a assinatura do Termo de ajustamento de Conduta.

Explosão de celular? Confira dicas de especialista e proteja-se!