O vereador londrinense Paulo Arildo (PSDB) reverteu seu afastamento da Câmara de Londrina por meio de recurso no Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná. Arildo foi afastado da função no Legislativo londrinense no dia 14 deste mês pelo juiz Álvaro Rodrigues Junior, da 10ª Vara Cível de Londrina, que acolheu denúncia de improbidade administrativa contra o vereador, acusado de se apropriar de parte dos salários de funcionários de seu gabinete. Arildo volta hoje à Câmara Municipal.