Condenado no processo do mensalão, o deputado Valdemar da Costa Neto (PR-SP) disse na noite desta quarta-feira, 20, que pretende aguardar a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, sobre o seu mandado de prisão em seu apartamento em Brasília. “Tenho que esperar aqui. Tenho que tocar minha vida aqui”. Disse ainda que está tranquilo.

Ao contrário de ontem, porém, ele evitou deixar a Câmara dos Deputados pela chapelaria, onde transitam um número maior de pessoas no Congresso Nacional e onde foi abordado por um grupo de jornalistas na terça-feira. Ele saiu pela lateral do anexo.