Brasília, 26/10/2014 – O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dias Toffoli, afirmou há pouco que a morte de um jovem em uma seção eleitoral em Mossoró, no Rio Grande do Norte, não tem relação com as eleições. Segundo Toffoli, o jovem não votava no local onde foi morto e estava fugindo de uma perseguição. O ministro informou que o caso está sendo investigado.

O homicídio ocorreu na manhã de hoje. Um jovem de 20 anos, conhecido como Robinho, foi assassinado na fila de votação de uma seção eleitoral. Ocorreu tumulto no local no momento dos disparos, mas não houve outras vítimas. O criminoso conseguiu fugir. (Victor Martins – victor.alves@estadao.com)