O plenário Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, na noite desta terça-feira, 24, por cinco votos a dois, a criação do 31º partido político do País, o Partido Republicano da Ordem Social (PROS).

De acordo com a Lei Eleitoral, expira no próximo dia 5 o prazo para criação de partidos aptos a disputar as eleições de 2014.

Na análise do registro do PROS, apenas o ministro Henrique Neves e a ministra Luciana Lóssio pediram que fossem feitas novas diligências para exame das assinaturas coletadas. A maioria dos integrantes da Corte Eleitoral, no entanto, entendeu que não havia mais necessidade.