Brasília, 26/10/2014 – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou há pouco que 1.733 urnas foram substituídas no País até às 12h34 (de Brasília)- o que representa 0,40% do total. O Rio de Janeiro teve 265 urnas trocadas e é a unidade da federação com o maior número de trocas. São Paulo aparece em segundo lugar, com 239, e Rio Grande do Sul em terceiro, com 151. Até o momento não foi registrado o uso de cédulas de papel.

No primeiro turno foram trocadas 5.012 urnas em todo o País, o que representa 1,15% das 428,8 mil urnas usadas para este pleito.

Na primeira etapa das eleições, ocorrida em 5 de outubro, Sergipe foi a unidade da federação que registrou a maioria das trocas em proporção ao total de urnas. Segundo o TSE, foram trocadas 4,56% das urnas naquele estado. (Victor Martins – victor.alves@estadao.com)