enkontra.com
Fechar busca

Política

Programado

Julgamento que pode libertar Temer só acontece na próxima semana

Com a data do julgamento marcado pra próxima quarta, o ex-presidente passará o final de semana preso no Rio de Janeiro

  • Por Estadão Conteúdo
Foto: Beto Barata/PR

O desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), Antonio Ivan Athié, determinou a inclusão do pedido liminar de liberdade do ex-presidente Michel Temer (MDB) na pauta da quarta-feira (27). Assim, Temer passará o final de semana preso na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, na zona portuária da capital carioca.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Também pediu ao juiz federal Marcelo Bretas que se manifeste em 24 horas sobre o requerimento da defesa. Ele é relator do habeas corpus dos advogados do emedebista, Eduardo Carnelós e Roberto Soares Garcia, que contestam o decreto de prisão do magistrado da 7ª Vara Federal do Rio, responsável pela Operação Lava Jato.

Temer foi preso nesta quinta-feira (21), em investigação que mira supostas propinas de R$ 1 milhão da Engevix no âmbito da Operação Descontaminação, desdobramento da Lava Jato. Também foram detidos preventivamente o ex-ministro Moreira Franco (MDB), sob suspeita de intermediar as vantagens indevidas ao ex-presidente. Os emedebistas prestam depoimento ainda nesta sexta-feira (22).

Os advogados protocolaram o pedido de liberdade para Temer no final da tarde desta quinta. O pedido foi distribuído para Athié. Os defensores alegam que Temer em liberdade “não coloca em risco a instrução criminal, nem a aplicação da lei penal”. Eles rebatem a decisão do juiz Marcelo Bretas, que mandou prender o emedebista.

Em despacho às 14h31 desta sexta, o desembargador decidiu. “Oficie-se imediatamente ao juízo impetrado, solicitando informe em 24 horas se, à vista das alegações contidas na petição deste habeas corpus, mantém a decisão objurgada”.

“Inclua-se o feito na pauta de quarta-feira próxima, dia 27/3/2019, a fim ser decidido o pleito liminar”, escreveu.

‘Posseiros’ forçam prefeitura a mudar obras no entorno do maior shopping de Curitiba

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

2 Comentários em "Julgamento que pode libertar Temer só acontece na próxima semana"


alvaro santos
alvaro santos
1 mês 1 dia atrás

Mais um ladrão filhodaputa preso. Temos que comemorar isso!!!

wyldner Junior
wyldner Junior
1 mês 2 dias atrás

O Drácula merece

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas