O presidente Michel Temer tem reunião às 10h com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, que deve tratar de sua saída do governo. Conforme apurou o Broadcast Político, Rabello já teria comunicado a Temer sua decisão de deixar o cargo para disputar a Presidência da República pelo PSC.

Com isso, Rabello deve sair do comando do BNDES até 7 de abril, prazo para que ministros e titulares de cargos públicos se desincompatibilizem para disputar as eleições.

Além de Rabello, Temer recebe pela manhã o presidente mundial da Basf, Kurt Bock, às 10h30, e o secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), José Angel Gurría, às 11h30.

À tarde, o Temer preside cerimônia de anúncio de investimentos para a formação de professores. Segundo o Ministério da Educação, serão destinados R$ 1 bilhão na abertura de 190 mil vagas em programas para docentes. O evento ocorrerá às 15h no Palácio do Planalto e contará com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho.