O presidente Michel Temer (PMDB) deve se encontrar amanhã com o ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio (PMDB-PR) para definir se ele aceitará o convite para assumir o Ministério da Transparência ou se voltará para a Câmara dos Deputados. Torquato Jardim, ex-ministro da Transparência, já assumiu a pasta antes comandada por Serraglio.

Temer e Serraglio ainda não se encontraram desde o anúncio da troca de comando do Ministério da Justiça. Enquanto Serraglio viajou do Paraná para Brasília, nesta segunda-feira, Temer saiu da capital federal e foi até São Paulo para participar do Fórum de Investimentos organizado pelo governo federal.

Depois do desencontro, a reunião entre os dois foi combinada e vai oficializar a ida de Serraglio para o Ministério da Transparência ou a volta dele para a Câmara. Se Serraglio reassumir o mandato parlamentar, o assessor de Temer Rodrigo Rocha Loures, atingido pelas delações da JBS, que é o suplente, sai da vaga e perde o foro privilegiado.

A reunião entre Temer e Serraglio deve ocorrer após Temer voltar para Brasília. Logo após da abertura do Fórum, programada para as 8h, Temer deve embarcar para a capital federal. Por ocasião do evento, o presidente está hospedado no hotel Grand Hyatt, onde acontece o Fórum.