O Tribunal de Contas do Paraná (TCE) determinou, ontem,que a Paraná Previdência modifique as regras de um convênio por meio do qual deveria receber, entre 2006 e 2011, R$ 20 milhões da Caixa Econômica Federal.

O pagamento é decorrente da transferência ao banco do processamento da folha de salários de servidores, pensionistas e inativos do órgão previdenciário estadual, mas previa repasses indiretos, sem a entrada dos recursos nos cofres da Paraná Previdência.