O Tribunal de Contas do Paraná encerrou em Mandaguaçu, Noroeste do Estado, a série de cursos dirigida a prefeitos do Paraná com o tema “Administração Pública Eficiente e Responsável”. Em seis treinamentos, iniciados em outubro do ano passado em Curitiba e com etapas em Cambé, Guarapuava, Santa Terezinha do Itaipu e Cianorte, compareceram 241 prefeitos e 580 técnicos.

Em Mandaguaçu, 40 prefeitos e 109 assessores assistiram às palestras dos técnicos do TC. O presidente do Tribunal, conselheiro Henrique Naigeboren, destacou o fato de a função dos administradores e do TC ser basicamente social. “A administração do município é a que está mais próxima da população. Aplicar corretamente o dinheiro público é que melhora a vida dos cidadãos. Nossa função é orientar os prefeitos sobre isso e os procedimentos corretos para evitar desaprovações de contas”, afirmou. A média de desaprovação de contas das prefeituras é de 60%.
Prefeitos
Os encontros foram promovidos em parceria com a Associação dos Municípios do Paraná (AMP). Assim como os outros, em Mandaguçau ele teve duração de quatro horas, onde três diretores do TC deram palestras.