Brasília – O Supremo Tribunal Federal (STF) continua nesta quinta-feira (23) a analisar e a julgar o Inquérito 2245, conhecido como mensalão. Os ministros vão decidir, a partir das 10 horas, se abrem ou não processo criminal contra 40 pessoas envolvidas no esquema de pagamento a parlamentares da base aliada em troca de apoio ao governo. Eles foram denunciados pelo procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza.

Nesta quinta-feira de manhã, serão retomadas as apresentações da defesa. Ainda faltam falar advogados de 18 acusados, entre eles o do ex-deputado Roberto Jefferson, do ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto e do publicitário Duda Mendonça. Cada um tem 15 minutos por cliente para apresentar defesa.