O governador Roberto Requião (PMDB) recebeu, na noite da última quarta-feira, mais um grupo de novos prefeitos e lideranças políticas do Estado. Desta vez, representantes de 18 municípios participaram de um jantar de confraternização organizado pelo deputado estadual Neivo Beraldin (PDT), para estreitar as relações entre o governo do Estado e as novas administrações municipais. "Eu não discrimino prefeito e não tenho nenhuma reserva com relação aos partidos políticos. São todos bem-vindos", disse o governador.

O encontro foi na granja do Cangüiri, residência oficial do governador. Estavam presentes representantes dos municípios de Campina Grande do Sul, Mallet, Antonina, Honório Serpa, Piraquara, Fazenda Rio Grande, Irati, Campo Largo, Pinhais, Contenda, Santa Teresa do Oeste, Adrianópolis, Mandirituba, Campo Magro, Porto Amazonas, Quatro Barras, Ramilândia e Rio Branco do Sul.

A decisão do governador, de abrir as portas da sua residência para os prefeitos e lideranças políticas, foi elogiada pelos presentes. O prefeito de Antonina, Kleber Fonseca, disse que esses encontros, em razão da informalidade, oferecem uma oportunidade única de troca de idéias. "Eu gosto de tudo bem combinado, de tudo que é devidamente cumprido, e neste governo eu encontrei seriedade", disse.

Fonseca também se mostrou surpreso com o conhecimento do governador sobre a situação dos municípios. "O conhecimento dele não é superficial. Sobre Antonina, está muito bem inteirado, e mostra, desta forma, a meu ver, que este é um governo muito consistente", afirmou.

Aproximação

Outro que aplaudiu a idéia foi o prefeito de Mallet, Rogério da Silva Almeida, que está iniciando o seu primeiro mandato: "Eu pude me aproximar do governador de uma maneira informal, conhecê-lo não apenas como político mas também como pessoa. Esta troca é muito produtiva. Sem esquecer que o encontro aproxima e promove esta troca também com os outros prefeitos".

O município de Fazenda Rio Grande estava representado pelo vice-prefeito, Saul Domingos Carelli. Ele considerou a oportunidade de aproximação com o governador de grande importância,  já que o atual prefeito do município não é do PMDB. "Já esperávamos um encontro positivo. Requião nunca deixou de nos atender. Nove dias depois do resultado das eleições, ele liberou R$ 23 milhões para um grande programa de obras de esgoto no município."