O governador Roberto Requião (PMDB) recebeu ontem, em Curitiba, o governador da província de Santa Fé, Jorge Obeid. Os dois assinaram carta de intenções que intensifica o intercâmbio entre o Paraná e a província da Argentina. O objetivo é ampliar relações nas áreas de portos, comércio, indústria, turismo, cultura, ciência e tecnologia.

“Santa Fé tem um dos maiores portos fluviais do mundo. Possui também uma produção leiteira extraordinária e é um grande produtor de trigo. É uma província argentina que está dentro das prioridades nas relações comerciais do Paraná” explicou. Requião afirmou que a carta é parte da estratégia do governo de manter uma boa relação com a Argentina. “Da última vez que estivemos em Buenos Aires, nos reunimos com mais de 300 empresários argentinos”, lembrou.

Porto

Jorge Obeid demonstrou interesse em conhecer o Porto de Paranaguá. “Os portos de Rosário e Santa Fé são os dois mais importantes da província. A intenção é fortalecer atividades institucionais e comerciais com Paranaguá”, disse. Com este objetivo, um grupo de empresários argentinos deve visitar o porto paranaense ainda hoje.

Requião ainda relatou ao governador de Santa Fé que a Bolsa de Chicago vai instalar um escritório no Paraná. “Como o Porto de Paranaguá, do ponto de vista da quantidade de grãos, é o maior exportador do mundo, a Bolsa de Chicago se instala aqui tendo em vista o mercado latino-americano, brasileiro e argentino principalmente”.

Requião também informou Jorge Obeid sobre a vinda de dirigentes da Hydro-Quebec, estatal de energia do Canadá, ontem.