enkontra.com
Fechar busca

Política

Requião dá ultimato às empresas de pedágio

  • Por Elizabete Castro

O governador Roberto Requião (PMDB) disse que começou ontem uma contagem regressiva para reduzir as tarifas do pedágio no Paraná. “Amanhã começamos a resolver. Ou o pedágio baixa ou acaba.”

A declaração do governador foi feita durante a posse da nova diretoria da Sanepar. Aliados do governador informaram que já foi estipulado um prazo – não revelado – para que as concessionárias tomem a iniciativa de cortar os valores das tarifas. “Se não acontecer, o governador vai tomar as providências”, disse o vice-governador e secretário da Agricultura, Orlando Pessuti.

O Palácio Iguaçu está esperando uma demonstração de boa vontade dos representantes das concessionárias. De acordo com o vice-governador, a empresa “Caminhos do Paraná” já sinalizou que está disposta a rever seus preços. “O que o governador espera é que as outras também cheguem e digam para o governo que vão reduzir seus preços. Esta é a demonstração que o governo quer ouvir”, disse o vice-governador.

Na fase de transição, no ano passado, Requião montou uma equipe de técnicos e economistas para analisar os contratos firmados entre o então governo e as empresas concessionárias. A análise está quase concluída, mas o Palácio Iguaçu não antecipa se irá adotar uma solução jurídica para o impasse.

Bola da vez

Requião disse que, ao assumir, listou três prioridades: apurar as denúncias de irregularidades na Copel, retirar a Sanepar do controle privado e reduzir o preço da tarifa do pedágio. Após equacionar os problemas da Copel e da Sanepar, Requião está pronto para buscar uma solução para o que listou como um dos três primeiros “nós” que iria desatar nestes primeiros seis meses de governo.

As declarações de ontem do governador foi o aviso de que “a paciência está acabando”, disse um interlocutor de Requião. Da mesma forma que acenou com uma possibilidade de entendimento com os acionistas privados da Sanepar e diante da recusa do consórcio Dominó, rompeu o contrato de acionistas, pode adotar a mesma postura com as empresas de pedágio.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas