O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), cobrou na noite desta quarta-feira, 8, o fim do buzinaço feito por servidores do Ministério Público da União (MPU) o fim do “buzinaço” a fim de votar a proposta que reajuste em até 78% da categoria em três anos. “Para nós apreciarmos o projeto de aumento do MPU, as vuvuzelas do senado precisam parar”, afirmou.

Logo após a cobrança, os funcionários acabaram com os protestos realizados fora do Congresso, mas que são ouvidos dentro do Senado. A proposta dos funcionários é o décimo terceiro item. Já há requerimento, no entanto, para que a apreciação do tema seja antecipada. Ou seja, a decisão pelo reajuste pode ser tomada ainda hoje pelos senadores.