O vereador de Guaratuba Mordecai Magalhães de Oliveira (PMDB), relator da Comissão Especial de Investigação que apurou denúncias de irregularidades contra o prefeito em exercício Miguel Jamur (PDT), contestou ontem as declarações de Jamur de que não há nada comprovado contra ele. “Ele disse que é fofoca, mas temos fotos e documentos que comprovam tudo”, afirmou Oliveira.

De acordo com a denúncia o filho do prefeito, Luiz Carlos Jamur, levou um veículo particular para ser consertado por funcionários municipais na garagem da secretaria de Obras. “O filho do prefeito estava montando um caminhão na garagem da Prefeitura, usando peças pertencentes ao município”, disse o presidente da Casa, vereador Sérgio Alves Braga (PSB).

No dia 24 de janeiro a Câmara apresentou a denúncia, juntamente com a parecer jurídico, onde ficou definida a formação de uma comissão. No dia 26 de fevereiro foi entregue o relatório final. Segundo Mordecai de Oliveira “a simples utilização de funcionários da Prefeitura, em horário de expediente normal, para a realização de serviço em veículo não pertencente à frota municipal, demonstra a irregularidade cometida”.