O Governo do Paraná vai aplicar nos salários deste mês, que deverá ser pago no dia 30, o reajuste de 6% ao funcionalismo. Ao todo, 249 mil trabalhadores do serviço público estadual funcionários efetivos da ativa e aposentados, civis e militares; e ainda contratos temporários, empregados da Paraná Educação e dos convênios com as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) serão beneficiados.

Com o reajuste dos servidores estaduais, cerca de R$ 36 milhões, valor correspondente ao acréscimo mensal da folha de pagamento de pessoal do Estado, serão injetados na economia paranaense.

Enquanto o governo deu um ganho real de mais de 9% ao salário mínimo regional, os 6% que estão sendo concedidos ao funcionalismo do Paraná equivalem à reposição da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre maio de 2008 e abril deste ano, e mais um ganho real de 0,47 ponto percentual.

O reajuste geral ao funcionalismo foi proposto em abril, em projeto de lei encaminhado pelo governador à Assembleia Legislativa. Aprovado em 20 de maio, o projeto virou lei no último dia 10, quando foi sancionada por Requião.

Apesar de aprovado no mês passado pela Assembleia, o reajuste só foi sancionado na semana passada. Segundo o Estado, isto ocorreu porque o governador analisou dados sobre a arrecadação e despesas do Estado para autorizar a implantação do reajuste na folha deste mês.