enkontra.com
Fechar busca

Política

Faltou grana

PT pede à militância ajuda para quitar contas da campanha

  • Por Estadão Conteúdo
Haddad faz pronunciamento após a divulgação do resultado das eleições. Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil
Haddad faz pronunciamento após a divulgação do resultado das eleições. Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

O Partido dos Trabalhadores (PT) pediu nesta sexta-feira (2), em seu perfil oficial no Twitter, ajuda da militância para quitar as contas da campanha presidencial de Fernando Haddad e de sua candidata a vice, Manuela d’Ávila (PCdoB). De acordo com a publicação, as doações podem ser feitas até o dia 15 de novembro.

https://twitter.com/ptbrasil/status/1058437363217694722

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as doações para campanhas podem ser feitas por pessoas físicas, por meio das chamadas “vaquinhas” virtuais. O financiamento coletivo foi incluído como nova modalidade de arrecadação de recursos para campanhas eleitorais após a reforma eleitoral de 2017.

De acordo com dados de prestação de contas da campanha petista atualizados até sexta-feira no site da Corte Eleitoral, a campanha petista declarou despesas de R$ 36.988.826,09, frente a um total de R$ 32.674.099,94 de recursos recebidos, o que configura um déficit de mais de R$ 4 milhões.

As informações do TSE dizem respeito a movimentação financeira da campanha desde o primeiro turno. Ainda não estão descritos os gastos do segundo turno. Pelo calendário eleitoral, as receitas e despesas da campanha devem ser declaradas pelos candidatos e seus respectivos partidos à Justiça Eleitoral até 6 de novembro para primeiro turno e 17 de novembro para segundo turno.

Adversário

A campanha de Fernando Haddad gastou 15 vezes a mais do que a do seu principal adversário, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), que gastou R$ 2,4 milhões. Os candidatos que participaram do primeiro turno da eleição deste ano arrecadaram R$ 2,82 bilhões, dos quais R$ 2,06 bilhões (73%) saíram dos cofres públicos por meio dos fundos eleitoral e partidário. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Bolsonaro terá que se afastar do trabalho por mais 15 dias para se submeter a nova cirurgia

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

24 Comentários em "PT pede à militância ajuda para quitar contas da campanha"


Jalim Rabei
Jalim Rabei
8 meses 20 dias atrás

Vocês aí da imprensa, que tanto fizeram por eles, poderiam ajudá-los agora. Que tal? kkkkkkkkkkkkkk

REINALDO  .
REINALDO .
8 meses 20 dias atrás

Isto já era esperado, caso perdesse, cadê os fanáticos PT, ajudem a pagar a conta, afinal, muitas gente vive pendurado neste partido. Acabou, chega de sustentar essa cambada.

Carlos F
Carlos F
8 meses 20 dias atrás

Uma pergunta para os Petistas cegos de carteirinha: – Se o PT ganhasse a eleição, quem pagaria esta dívida milionária do PT? Adivinha…… “Os Cofres públicos”, cambada de sangue-suga!!!

REINALDO  .
REINALDO .
8 meses 20 dias atrás

Carlos, resumiu tudo em poucas palavras.

Julio Cesar dos Santos
Julio Cesar dos Santos
8 meses 20 dias atrás

Peçam dinheiro para o Chico Buarque, Caetano, Gilberto Gil e outros socialistas fraternos, gostam de dividir o que têm.

REINALDO  .
REINALDO .
8 meses 20 dias atrás

Palmas pra ti Julio Cesar, só esqueceu os paranaenses Chitãozinho e Xoxoro, que também apoiavam, junte todos e paguem a conta.

RJSOUZA souza
RJSOUZA souza
8 meses 20 dias atrás

Espero que ano que vem acabem com esse fundo partidário, é uma vergonha o dinheiro do povo ser usado pra campanha política, sendo que os eleitos ficaram 4 anos mamando dinheiro público e inumeras regalias, enquanto o povo morre por falta de médicos, remedios, hospitais e equipamentos!

REINALDO  .
REINALDO .
8 meses 20 dias atrás

Essa verba é roubo ou melhor dinheiro publico para manter essa cambada de maus políticos.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas