enkontra.com
Fechar busca

Política

Prefeitos discutem projeto

  • Por Redação O Estado Do Paraná

Prefeitos de todo o Paraná foram convidados a participar da reunião que acontece hoje, às 9h, no centro de eventos do Hotel Bourbon, em Curitiba, para discutir a integração das cidades ao projeto Universidade Interativa. O objetivo do projeto é possibilitar uma maior integração entre as instituições de ensino superior e a sociedade, que ocorrerá durante o desenvolvimento de pesquisas dos estudantes nos municípios que participarem do projeto.

Na sexta-feira passada, com a presença do presidente da Paraná Turismo, Jorge Rosas Demiate, a proposta foi apresentada a representantes de 28 faculdades de Turismo do Paraná. Os estudantes destas faculdades de Turismo vão desenvolver seus projetos de pesquisa em 63 cidades paranaenses. Hoje, prefeitos destes municípios vão assinar o termo de adesão ao projeto. A idéia é que os estudantes unam teoria e prática na formação de um banco de dados sócio-político-econômico integrado e disponível pela internet, voltado ao turismo, contendo informações completas sobre todos os municípios do Paraná que participarem do programa – os “Municípios Interativos”.

Ainda nesta sexta-feira, prefeitos de todas as regiões do Estado estarão assinando os convênios incluindo seus municípios na Rede Paraná de Municípios Interativos para que estas cidades se integrem ao Sistema Nacional Integrado de Gestão e Distribuição de Informações de Destinos, um banco de dados macro que está sendo formado no Brasil e que já está em fase de desenvolvimento em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina.

Vantagens

As instituições de ensino superior que participarem também devem se beneficiar com o projeto porque terão a possibilidade de receber uma melhor pontuação junto ao MEC. Na prática, cada instituição vai dividir seus alunos em grupos de trabalho que vão reunir e organizar as informações de três cidades, sob a supervisão das administrações municipais.

Para os municípios, o projeto é interessante porque oferece a possibilidade de contar com uma estrutura humana e técnica fundamental para a solução de um dos problemas cruciais das administrações públicas: a organização e gestão das informações das cidades. A divulgação pública dos atos do governo municipal e a transparência destas informações é uma das exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal e do Estatuto da Cidade. O projeto possibilita, ainda, que os municípios economizem recursos significativos no atendimento desta exigência. O Universidade Interativa também é importante porque oferece a possibilidade de estimular o comércio, a indústria e o setor de serviços de cada município.

Participaram do evento da semana passada, além do presidente da Paraná Turismo e do diretor-técnico da entidade, Evandro Pinheiro, o prefeito de Rio Negro, Ari Siqueira, representando a diretoria da AMP (Associação dos Municípios do Paraná); o presidente da Abav/PR (Associação Brasileira dos Agentes de Viagens/Seccional Paraná), Joel Duarte; o professor-doutor Miguel Bahl, chefe do Departamento de Turismo da UFPR; o vice-presidente da Abbtur Nacional (Associação Brasileira dos Bacharéis em Turismo), Gilmar da Silva; o presidente da Abbtur/PR, Luiz Eduardo Zardo, e o diretor-presidente da Millennium Corporation, Vadis Luiz da Silva.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas