No primeiro dia depois de eleito prefeito do Rio, Eduardo Paes, do PMDB, anunciou que vai se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na próxima quarta-feira (29) para começar a discutir as parcerias do município com a União. O governador Sérgio Cabral, aliado de Paes e do presidente, também vai participar do encontro. “Vamos pressionar o presidente Lula, no bom sentido, desde o início. Espero ter boas notícias na quarta-feira”, afirmou Paes.

Um dos investimentos federais que o futuro prefeito vai discutir com o presidente é o Plano de Aceleração de Crescimento (PAC) das favelas, uma série de intervenções nos morros cariocas. Eduardo Paes anunciou um deputado estadual do PSDB como futuro secretário da Casa Civil. O deputado Pedro Paulo abriu uma dissidência no partido, que estava coligado com o PV de Fernando Gabeira e apoiou Paes desde o primeiro turno.