Anderson Tozato/O Estado
Gilberto Kassab: o PSD conseguiu importantes adesões em todo o País, mas no Paraná até agora só dois com mandato.

Muitos convites, nenhuma resposta. Do Paraná, apenas o deputado federal Eduardo Sciarra (DEM) e o deputado estadual Ney Leprevost (PP) assinaram a ata de fundação do Partido Social Democrático (PSD), lançado nesta quarta-feira, em Brasília, pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Apesar de alguns juristas entenderem que o prazo pode ser até o dia do registro do partido no Tribunal Superior Eleitoral, a filiação no ato de fundação do partido é a forma mais segura de se enquadrar em uma das exceções da “fidelidade partidária”. Assim, detentores de mandato que quiserem aderir ao novo partido posteriormente, o farão sob risco de sofrer processo de cassação.

Além dos dois parlamentares, o partido deverá contar com outras lideranças políticas importantes, hoje sem mandato. O ex-deputado federal Alceni Guerra (DEM), apesar de não ter participado da cerimônia desta quarta-feira, é um dos coordenadores do partido no Paraná.

O ex-ministro Reinhold Stephanes (PMDB), o ex-deputado federal Marcelo Almeida (PMDB) e o ex-governador João Elísio Ferraz de Campos (DEM) estão em conversas bastante adiantadas, segundo Leprevost. “O partido já nasce grande. Esperávamos 200 pessoas na fundação, contamos com mais de mil. Já temos 35 deputados federais, dois senadores, o vice-governador de São Paulo e o prefeito da maior cidade do país”, comentou.

No Paraná, o trabalho, segundo Leprevost será de reunir as 30 mil assinaturas necessárias para o registro no TER (o partido precisa de 500 mil no país) e estabelecer os critérios para a filiação. “Há cidades em que três grupos políticos diferentes querem ingressar no partido. Temos que definir esses critérios”, disse, adiantando alguns dos critérios: ficha limpa, expressão eleitoral e ser aliado do governo Beto Richa (PSDB).

Leia mais

‘Partido do povo’ de Kassab é fundado por um monte de milionários

Ao lado de aliados, Kassab lança o PSD em Brasília