O ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha afirmou nesta quarta-feira (12) que falta “coragem” ao governo do Estado de São Paulo no combate ao crime organizado e para enfrentar o PCC, facção criminosa que age dentro e fora dos presídios.

“Faltou coragem desse governo do PSDB nesses 20 anos para enfrentar o crime organizado, para combater as organizações como o PCC”, disse Padilha em encontro com lideranças políticas ligadas ao PT, em Piracicaba.

Pré-candidato do PT ao governo do Estado, Padilha começou na última sexta-feira uma caravana por São Paulo, batizada de Horizonte Paulista, para discutir propostas para seu programa de governo.

 

“Para combater o crime organizado, é preciso parceria com a Polícia Federal, é preciso atuar nas fronteiras do Estado para coibir a entrada de drogas e que os carros roubados saiam”, disse Padilha. O ex-ministro defendeu que a polícia do Estado mais rico do País tem condições de enfrentar o crime organizado se agir com a cooperação do governo federal.