O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está em mais uma passagem pela Europa nesta semana, com agenda que inclui palestra a investidores da Telefónica, almoço com o primeiro-ministro da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, e o clássico de futebol entre Real Madrid e Barcelona.

Em Londres, ele teve encontros hoje para discutir temas de seu interesse, como o combate à fome e a redução da pobreza. Nesta tarde, Lula conversou por cerca de uma hora e meia com o historiador Eric Hobsbawm. Os dois já se conheciam e o objetivo do encontro foi a troca de ideias para que o ex-presidente formule suas prioridades no exterior.

Lula também se encontrou com a presidente da Oxfam no Reino Unido, Barbara Stocking. O ex-presidente foi convidado a participar da campanha de justiça alimentar que a ONG lançará em junho. Conforme um assessor, Barbara afirmou que quer criar uma sucursal própria da Oxfam no Brasil, pois hoje a atuação é feita por meio de parcerias com outras entidades.

Amanhã cedo, Lula fará palestra para investidores e analistas na conferência da Telefónica, em Londres. Desde que saiu da presidência, ele realiza palestras remuneradas, mas o valor recebido não é informado. Conforme a assessoria de Lula, o contrato também inclui o transporte em avião particular do Brasil para Londres e Madri pago pela Telefónica. O ex-presidente já participou de eventos da Microsoft, em Washington, e da associação dos bancos do México, em Acapulco.

Lula tem falado de improviso, sem ler discurso, o que deve ocorrer também amanhã. Na palestra, a intenção será passar a mensagem da solidez macroeconômica e política da América do Sul aos investidores. Nenhum país será citado especificamente, mas o objetivo é tratar da região como ambiente saudável para atrair novos investimentos, segundo um assessor.

Após a palestra, Lula segue, em avião particular, para Madri, onde almoça com o presidente mundial da Telefónica, César Alierta. À tarde, recebe o prêmio “Liberdad”, concedido pela municipalidade de Cádiz, “para figuras de destaque na causa da democracia em países ibero-americanos”.

O primeiro-ministro da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, convidou Lula para almoço no Palácio da Moncloa, no sábado. Na sexta-feira passada, Lula almoçou com o presidente do México, Felipe Calderón.

Antes de voltar ao Brasil no sábado à noite, Lula assistirá ao clássico do campeonato espanhol entre Real Madrid e Barcelona, no estádio Santiago Bernabéu, a convite do time madrileno.