O secretário de Educação, Maurício Requião, anunciou ontem o pagamento dos recursos em atraso do transporte escolar deste ano, no valor de R$ 10,279 milhões. A verba será depositada nesta quinta-feira (23) à noite, beneficiando 237 municípios que ainda não haviam apresentado a certidão negativa do TCE (Tribunal de Contas do Estado), uma exigência estabelecida nos convênios referentes ao benefício.

"Este é um esforço do governo do Estado para que todos possam receber o recurso. Sabemos o quanto esta situação dificulta o acesso dos alunos à escola", disse o secretário.

A Procuradoria Geral do Estado vinha analisando a possibilidade legal do repasse, atendendo a um pedido do governo estadual. Hoje a PGE expediu um parecer favorável, viabilizando o pagamento. "Como havia contradições nas decisões judiciais, o governo do Estado se mobilizou para chegar a esse resultado, que beneficia a toda a população do Paraná", esclareceu Maurício Requião.