Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram na manhã de hoje quatro prefeituras do sul da Bahia – Itabela, Itamaraju, Mucuri e Prado – para reivindicar melhorias nas condições de estudo das crianças e dos adolescentes que moram nos assentamentos da região. As invasões só devem ser concluídas depois de os prefeitos receberem as lideranças do MST.

Segundo a liderança do movimento, organizado pela Regional Extremo Sul do MST da Bahia, os manifestantes pressionam as administrações municipais a construir escolas nos assentamentos e a fornecer transporte aos alunos que tiverem de se deslocar para estudar. Além disso, reivindicam a contratação de mais professores para a rede pública na região.