O primeiro domingo de dezembro foi dia de eleições em nove municípios dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Goiás. As cidades de Americana e Jundiaí do Sul (PT), por exemplo, conheceram hoje, 7, os novos prefeitos e vice-prefeitos que comandarão os municípios até o final de 2016. Eles substituem prefeitos que tiveram seus diplomas ou mandatos cassados e, por isso, a eleição de outubro de 2012 foi cassada pela Justiça Eleitoral. PMDB e PSDB, cada partido com dois prefeitos eleitos, foram os principais vencedores do domingo.

Em São Paulo, quatro novos prefeitos foram eleitos. Omar Najar (PMDB) recebeu 75,51% dos votos válidos e é novo prefeito de Americana. Agenor Stuani (PSDB) teve 47,73% dos votos e assume a presidência de Indiana. Os eleitores de Bento de Abreu escolheram Nivaldo Sonego (PRB) como prefeito, com 56,11% dos votos válidos. Tadeu Favero (PSDB) recebeu 70,16% dos votos e é o novo prefeito de Jumirim.

Nos municípios mineiros de Ipiaçu e Jampruca, os novos prefeitos serão Leandro Luis de Oliveira (PSD) e Mizael Cabral de Lira (PMDB), respectivamente. Oliveira recebeu 51,60% dos votos válidos e Lira, 73,59%. As informações constam na página eletrônica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O novo prefeito de Jundiaí do Sul, no Paraná, é Sebastião Dias (PT). Ele foi eleito com 65,49% dos votos válidos. Paulo Márcio (DEM), com 57,08% dos votos, é o novo prefeito de Água Doce do Norte, no Espírito Santo. Já Daniel Vieira (PTB) foi eleito prefeito em Bom Jesus de Goiás (GO), com 55,31% dos votos válidos.

As regras do TSE determinam que, em caso de cassação de mandato, os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) realizem eleições sempre no primeiro domingo de cada mês. Para 2015, informa o TSE, já estão marcadas novas eleições para as cidades de Cambira (PR) e Santa Maria do Pará (PA). Os pleitos ocorrerão no dia 18 de janeiro.