A Câmara Municipal de Curitiba terá que demitir 204 funcionários comissionados, de acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR). Segundo o MP-PR, o número de comissionados não pode superar o de servidores concursados.

Segundo recadastramento de servidores da Casa, divulgado nesta terça-feira (22), há 507 funcionários em cargos comissionados, contra 236 servidores efetivos. AInda serão efetivadas 45 pessoas aprovadas no último concurso público e outros serão feitos para o preenchimento de mais 66 vagas, totalizando 347 servidores concursados.

O prazo dado pelo MP-PR para que a Câmara Municipal equilibre os comissionados e concursados vence ainda neste mês. De acordo com a recomendação, a intenção do MP-PR é garantir o respeito aos princípios constitucionais da proporcionalidade e moralidade administrativa.