O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu hoje com três ministros para tratar dos temas que serão discutidos com o governo paraguaio, na reunião dos dois presidentes, na próxima segunda-feira em Ponta Porã (MS). De acordo com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, a principal questão discutida na reunião de hoje foi a construção da linha de transmissão de energia de Itaipu a Assunção, um dos tópicos do acordo fechado no ano passado entre os dois países. Amorim destacou que a construção dessa linha sempre foi uma preocupação do Brasil e depois de muitos anos tornou-se prioridade do governo paraguaio.

A violência na zona de fronteira também foi discutida na reunião de hoje. Amorim, porém, não quis dar detalhes sobre o assunto que envolve a prisão de brasileiros suspeitos de participar do atentado do senador paraguaio Robert Acevedo, em Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã.

O ministro não quis comentar também a questão do refúgio concedido pelo Brasil a três paraguaios que eram do grupo extremista do Exército do Povo Paraguaio (EPP) e a possível remessa ao Brasil de dinheiro obtido pelo grupo com sequestros. Além de Amorim, participaram da reunião de hoje os ministros de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, e da Justiça, Luiz Paulo Barreto, e representantes do BNDES e do Tesouro Nacional.