O último comício de apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT) no Paraná, considerado essencial para a campanha do partido no Estado, acontece hoje à noite na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas sem a presidenciável.

Dilma fez sua última visita ao Paraná na quinta-feira passada, em campanha por Curitiba e Pinhais. Desta vez, Lula vem sozinho, já que ele e Dilma não conseguiram conciliar suas agendas.

“Dilma tinha uma agenda pesada no Nordeste e o presidente Lula faz questão de vir ao Paraná nessa reta final”, avisa a senadora eleita Gleisi Hoffmann (PT). Os comícios separados são vistos também como parte de uma estratégia, para cobrir mais cidades no pouco tempo que resta até a eleição. Esta pode ser a última visita de Lula ao Estado como presidente da República. Dilma faz campanha hoje em Caruaru (PE).

O comício com Lula na CIC está previsto para as 19h, na Rua Senador Accioly Filho, em frente à Eletrolux, e deve contar com a presença das principais lideranças locais aliadas, como o deputado estadual e coordenador regional da campanha de Dilma, Ênio Verri (PT), o senador Osmar Dias (PDT) e o governador Orlando Pessuti (PMDB).

O local do comício, anteriormente previsto para Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, foi transferido para a Cidade Industrial por decisão pessoal do presidente.

Os defensores da candidatura de Dilma estão otimistas. “Estamos com toda a militância na rua, motivada. Fazia tempo que eu não via uma movimentação tão forte para a campanha, além dos deputados e outras lideranças regionais”, afirmou Gleisi, confiante.

Na opinião da senadora eleita, o PT já conseguiu reverter o quadro negativo para Dilma que se instalou no Paraná nos dias anteriores à realização do primeiro turno.

“Esse comício de hoje é essencial para nós. Lula vem para dizer por quais motivos a Dilma é sua candidata e, como último comício de Lula como presidente, temos que fazer uma homenagem e recebê-lo carinhosamente”, completa Gleisi.

Lula deveria ter vindo a Telêmaco Borba no último dia 15, onde iria participar da inauguração de uma escola técnica, mas o presidente não conseguiu pousar no aeroporto local por causa da chuva.

A mobilização em favor de Dilma, mencionada por Gleisi, é reforçada por Ênio Verri. “Cada um de nós vai viajar nas suas respectivas regiões eleitorais para ampliar a campanha”, disse ele.

O senador Osmar Dias já divulgou sua agenda para os próximos dias. Depois do comício de hoje, Osmar continua em campanha por Dilma, passando pelas cidades de Guarapuava, Cascavel, Toledo, Umuarama e Maringá.

“Todos os brasileiros podem ver o quanto o nosso País melhorou no governo Lula. Foram 28 milhões de pessoas que saíram da miséria e 36 milhões que ascenderam de classe. Com Dilma presidente vamos avançar ainda mais com a educação em tempo integral e na geração de oportunidades para os jovens e os trabalhadores. Este é um verdadeiro projeto de desenvolvimento baseado na realidade e não em promessas que não podem ser cumpridas feitas pelo PSDB”, compara Osmar, que cita como conquistas projetos como o Bolsa Família, o Minha Casa Minha Vida, as obras do PAC, o apoio à agricultura e à educação.