O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reforçou hoje sua defesa da candidatura do ministro da Educação, Fernando Haddad, à Prefeitura de São Paulo nas eleições de 2012 pelo PT. “Acho que o companheiro Haddad é adequado. Foi ministro da Educação e acho que ele está na disputa interna”, disse Lula, após participar de congresso da União Geral dos Trabalhadores (UGT), realizado na capital paulista.

Internamente, o ex-presidente tem feito campanha pela confirmação do ministro como o nome do PT para sucessão do prefeito Gilberto Kassab (sem partido). Além de Haddad, os nomes da senadora Marta Suplicy, e do ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, estão sendo cogitados pelo partido.

Embora tenha grande poder de influência dentro do PT, Lula afirma que quem dará a palavra final sobre a candidatura será a cúpula do partido. “Quem vai decidir são os delegados do PT”, afirmou.