Depois de criticar o noticiário desta terça-feira (10), que denunciava o “saco de bondades” do governo para atrair prefeitos à campanha de Dilma Rousseff, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu nesta quarta (11), ao chegar ao Palácio do Itamaraty, que a imprensa escreveu a verdade. “Vocês não escreveram maldade. Nem bondade nem maldade. Foi a verdade”, afirmou Lula, sem explicar ao que se referia.

Bem-humorado, Lula negou que estivesse irritado com a imprensa. “Apenas comentei fatos relevantes”, afirmou. “Então a raiva passou”, insistiu um repórter. “Faz muito anos que não tenho raiva. Aprendi que quando a gente tem raiva só a gente sofre. Porque a pessoa de quem a gente tem raiva não fica nem sabendo”, respondeu o presidente.