O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou hoje (23), em entrevista a emissoras de rádio parceiras da Radiobrás, que a partir de setembro deste ano já deve ser iniciada a liberação de recursos para os estados que aderirem ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Para este ano, estão previstos cerca de R$ 480 milhões em investimentos federais.

Os recursos serão liberados na medida em que os governadores aderirem ao Pronasci e começarem a cumprir as cláusulas desse convênio, explicou Tarso Genro.

Na opinião do ministro, depois da melhora na sensação de segurança, os indicadores de violência devem cair em três ou quatro anos de implantação do programa. Mas esse programa só terá sucesso naqueles estados que se integrarem de maneira consciente, se organizarem para isso e estiverem dispostos a aplicar os recursos de modo que dêem o resultado produtivo para a sociedade.

Tarso Genro lembrou que os projetos do Pronasci foram elaborados depois de discussões com técnicos, acadêmicos e organizações não-governamentais, além de experiências brasileiras e estrangeiras.