O deputado Nelson Justus (DEM) foi oficializado na presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná, considerada a mais importante da Casa.

Fazem parte da CCJ Nelson Justus (DEM), Elio Rusch (DEM), Caíto Quintana (PMDB), Nereu Moura (PMDB), Alexandre Curi (PMDB), Evandro Júnior (PSDB), Ademar Traiano (PSDB), Tadeu Veneri (PT), Hermas Brandão Jr. (PSB), Edson Praczyk (PRB), Duílio Genari (PP), Fernando Scanavaca (PDT) e Cesar Silvestri Filho (PPS).

Nelson Justus, após a sessão na manhã desta segunda-feira (21) que oficializou as comissões permanentes na Assembleia Legislativa, disse que a indicação dele para a presidência da CCJ partiu de um entendimento de todos os partidos. “A vaga pertenceria ao DEM e os treze membros da CCJ acharam por bem que eu fosse o presidente, já que me candidatei para isto. E acho inteiramente qualificado para presidir esta comissão”, afirmou.

Justus comentou que a CCJ é muito importante no andamento da Casa. “Temos que agir com equilíbrio, bom senso, procurando acompanhar os avanços da Casa e fazendo com que os projetos tramitem aqui da maneira mais rápida e mais correta possível. Temos que obdecer o livrinho. Projetos têm que ser constitucionais, tem que serem ouvidos os que fazem parte desta comissão, para que haja condições de irem à plenário”, contou.

Denúncias

O deputado do DEM presidiu a Assembleia até janeiro último, cargo que ocupava desde 2007. No ano passado, sua administração foi seriamente abalada pela série de denúncias que revelaram contratações de funcionários “fantasmas” através de atos secretos. Justus sempre negou responsabilidade nas irregularidades, atribuindo os problemas ao grupo do ex-diretor geral, Abib Miguel, o “Bibinho”, que ocupava o cargo há mais de 30 anos.

O DEM foi um dos primeiros partidos a declarar apoio a Rossoni, depois que o deputado Durval Amaral (DEM) saiu da disputa, após ser nomeado chefe da Casa Civil pelo governador Beto Richa (PSDB). Em troca, os Democratas exigiram manter o comando da CCJ, e indicaram Justus.

Comissões

A Assembleia Legislativa já tem suas comissões permantes formadas e oficializadas. Em uma sessão na manhã desta segunda-feira (21), o vice-presidente da Casa, deputado Artagão Junior (PMDB), deu posse aos membros das comissões. A principal delas, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), será presidida pelo deputado Nelson Justus (DEM). A vice-presidência é de Caíto Quintana (PMDB)

A Comissão de Tomada de Contas será presidida por Duílio Genari (PP), com a vice-presidência de Ademir Bier (PMDB). A Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia será desmembrada em quatro novas comissões. Foi indicado o presidente da futura Comissão de Educação. O cargo ficará com o deputado Osmar Bertoldi (DEM), sendo vice o deputado Evandro Junior (PSDB).

A Comissão de Redação ficará sob a responsabilidade do deputado Alexandre Curi (PMDB) e a vice-presidência foi para Pastor Edson Praczyk (PRB). A Comissão de Agricultura será presidida por Hermas Brandão Junior (PSB), sendo o vice Pedro Lupion (DEM).

O deputado Marcelo Rangel (PPS) preside a Comissão de Obras Públicas, Transporte e Comunicação, sendo o vice o deputado Francisco Bührer (PSDB). Na Comissão de Segurança Pública, a presidência será do deputado Mauro Moraes e a vice de Gilberto Ribeiro. A presidência da Comissão de Saúde ficará para o deputado Dr. Batista (PMN) e o vice-presidente será Adelino Ribeiro (PSL).

A Comissão de Ecologia e Meio Ambiente será presidida por Luiz Eduardo Cheida (PMDB), sendo o vice-presidente Rasca Rodrigues (PV). A Comissão de Fiscalização terá a presidência de Nelson Garcia (PSDB) e a vice-presidência de Fernando Scanavaca (PDT). A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania será presidida por Tadeu Veneri (PT), com Ney Leprevost como vice-presidente. A Comissão de Direitos da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso – que também será desmembrada em novas comissões – terá como presidente a deputada Rose Litro (PSDB) e como vice Cantora Mara Lima (PSDB).

A presidência da Comissão do Mercosul ficou com o deputado Professor Lemos (PT) e a vice-presidência com Nelson Garcia (PSDB). A Comissão de Defesa do Consumidor será presidida pelo deputado Paranhos (PSC), com Adelino Ribeiro (PSL) como vice. A Comissão de Assuntos Metropolitanos será presidida por Toninho Wandscheer (PT), sendo Francisco Bührer (PSDB) o vice-presidente.

A Comissão de Finanças terá na presidência Ademir Bier (PMDB) e vice Francisco Bührer (PSDB). A Comissão de Indústria, Comércio e Turismo será presidida por André Bueno (PDT).