enkontra.com
Fechar busca

Política

Justiça Federal condena Youssef a 7 anos de prisão

  • Por Redação O Estado Do Paraná
Youssef: 7 anos de prisão e multa.

A 2.ª Vara Criminal Federal de Curitiba condenou o doleiro Alberto Youssef a sete anos de reclusão, em regime semi-aberto, e multa de aproximadamente 9.568 salários mínimos.

Youssef foi condenado por crime de sonegação fiscal de R$ 33 milhões em impostos e contribuições, conforme apuração realizada pela Receita Federal em Londrina, por crimes financeiros consistentes em remessas ao exterior ou manutenção de divisas no Exterior em nome de sua cunhada, bem como por associação para a prática de tais crimes.

Não faziam parte da ação penal as remessas fraudulentas ao exterior efetuadas pelo referido doleiro através do Banco do Estado do Paraná S/A. Youssef foi preso pela Polícia Federal em 2 de novembro de 2003, tendo sido, posteriomente, colocado em liberdade.

Depoimento

O doleiro prestou depoimento sobre este caso no dia 13 de novembro do ano passado, ao juiz Sérgio Fernando Moro, da 2.ª Vara Federal Criminal. Youssef respondeu às perguntas, mas pouco acrescentou ao que já havia sido apurado nas investigações do Ministério Público Federal.

Munido de documentos emitidos pela Receita Federal, seu advogado, Figueiredo Basto, havia garantido que os impostos referentes à Proserv (empresa supostamente usada para a lavagem de dinheiro) e o de sua cunhada, Cristina Fernandes da Silva, estão em dia.

De acordo com as investigações do MPF, o doleiro, proprietário da empresa Youssef Câmbio e Turismo Ltda, movimentou cerca de R$ 3,3 milhões em uma conta de Cristina no Banestado de Nova York.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas