A Justiça Eleitoral da Comarca de Curiúva divulgou nota ontem, 10, negando que tenha havido extravio de urnas eletrônicas no município, no dia da eleição. E também contestou a denúncia de que tenha havido adulteração dos dados da eleição local.

“Importante, ainda, informar que os senhores policiais militares realizaram policiamento ostensivo no dia das eleições, bem como o magistrado eleitoral, o qual percorreu todo o município, sendo que nada foi constatado e as denúncias recebidas, devidamente apuradas e tomadas as providências necessárias”, diz a nota, assinada pelo juiz Gustavo Tinoco de Almeida.