enkontra.com
Fechar busca

Política

José Cláudio morre em Maringá

  • Por Redação O Estado Do Paraná
O prefeito de Maringá morreu em sua casa.

O prefeito de Maringá, José Cláudio Pereira Neto (PT), 51 anos, morreu ontem, às 11h30, em sua casa. Ele tinha câncer no intestino. O corpo do prefeito está sendo velado no ginásio de esportes Valdir Pinheiro, na Vila Olímpica, e será sepultado hoje, às 17h, no cemitério municipal. José Cláudio estava em coma desde segunda-feira. Ontem, os médicos Dacymar Caputo de Carvalho e José Ramos Martins assinaram o último boletim médico sobre seu estado de saúde dizendo que “o paciente apresentou nas últimas horas piora gradativa do seu estado geral, com deterioração do nível de consciência, entrando em coma e disfunção de múltiplos órgãos”.

Há mais de um ano, José Cláudio Pereira lutava contra o câncer. Os médicos montaram uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na casa do prefeito. Em maio do ano passado, ele pediu a primeira licença para tratar da doença. Durante dois meses e meio, José Cláudio ficou internado e passou por quatro cirurgias. Em setembro, recebeu alta e em outubro reassumiu a prefeitura. No final de novembro foi novamente operado, desta vez em São Paulo. O prefeito passou a fazer quimioterapia e ficou mais dois meses afastado da prefeitura.

Depois de reassumir o cargo, José Cláudio continuou a quimioterapia, mas por causa de uma nova complicação passou a ser alimentado através do soro e a trabalhar num escritório montado em casa. Em agosto, o prefeito pediu uma nova licença para dar continuidade ao tratamento da doença. A cidade é administrada, desde então, pelo vice-prefeito João Ivo Caleffi. No final do mês, o estado de saúde de José Cláudio se agravou após a morte de seu pai, vítima de um infarto. Entre as realizações do prefeito de Maringá, que foi eleito em votação recorde com mais de 100 mil votos, estão os investimentos em educação e na área social.

Nascido em 15 de agosto de 1952, em Cambira, no Paraná, ele era formado em Direito. Começou o curso em Dourados (MT) e concluiu na Universidade Estadual de Maringá (UEM), cidade que adotou desde então. José Cláudio não exercia a profissão, e acabou tornando-se um pequeno empresário, do ramo de colchões. Antes, porém, foi vidraceiro e chegou a colocar vidros no prédio da Prefeitura de Maringá.

Em 1974, foi eleito presidente da Umes e em 75 e 77 assumiu a presidência da União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (Upes). José Cláudio filiou-se ao PT em 1991. Nos anos de 93 e 95, foi presidente do Diretório Municipal do partido em Maringá. Saiu candidato a prefeito, pela primeira vez, em 96, quando obteve 10.540 votos.

Em 2000, disputou novamente as eleições municipais. No primeiro turno, recebeu 40.633 votos e, no segundo turno, na disputa com Dr. Batista, foi eleito prefeito da cidade com 107.320 votos. Solteiro, José Cláudio era apaixonado por futebol, e torcia pelo Grêmio de Maringá e pelo Santos.

Lula manifesta pesar; luto oficial no Paraná

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, divulgou nota de pesar pela morte do prefeito de Maringá, José Cláudio Pereira Neto. Lula está em Cartagena das Índias, na Colômbia. “O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamenta profundamente a morte do companheiro José Cláudio Pereira Neto, prefeito de Maringá. Ao mesmo tempo, participa do sentimento de perda da família e da população que soube valorizar as qualidades do grande político e administrador.

O presidente está certo de que José Cláudio é exemplo de honradez demonstrada no duro combate à corrupção que restaurou a credibilidade da Prefeitura Municipal. O presidente acompanhou, sensibilizado, o esforço de José Cláudio, que, mesmo com a saúde combalida, lutou até o último instante pelo bem-estar da população. Finalmente, transmite seus sentimentos de solidariedade e sua palavra de conforto à família e à população de Maringá”, diz a nota.

O governador do Paraná em exercício, Orlando Pessuti, lamentou a morte do prefeito. Pessuti decretou luto oficial de três dias no Estado. O vice-governador iria para Maringá para participar do velório.

O presidente nacional do PT, José Genoínio, solidarizou-se com a família do prefeito e com os moradores de Maringá. “Em um momento tão difícil quanto este, depositamos toda nossa confiança no companheiro João Ivo Calefi para que dê seguimento ao governo popular e domocrático inaugurado por José Cláudio”, disse.

O prefeito de Londrina, Nedson Micheleti, também decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do prefeito.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas