enkontra.com
Fechar busca

Política

Jorge Samek ganhará título de cidadão honorário

  • Por Chico De Alencar, Especial Para Paraná Online

A Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) entrega hoje o 1.º título de Cidadão Honorário da Região Oeste do Paraná ao diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek.

A cerimônia será na Associação Atlética Comercial de Cascavel, a partir das 20h. Antes da homenagem, haverá a entrega dos prêmios “Amop de Jornalismo” e de “Gestão Municipal Empreendedora”.

A eleição de Samek foi no dia 13 de julho, por voto direto dos prefeitos. “Fora os projetos macro desenvolvidos por Itaipu nas áreas de responsabilidade social e de meio ambiente, Samek também tem contribuído para o desenvolvimento da infraestrutura dos municípios, ao voltar os olhos de Itaipu para o Oeste do Paraná e não apenas aos municípios lindeiros”, disse o presidente da Amop, Aparecido José Weiller Júnior, prefeito de Jesuítas.

Para Samek, a homenagem reflete o trabalho de Itaipu, feito com a ajuda de todos empregados. Por orientação do presidente Lula Silva, a binacional passou a investir, desde 2003, em iniciativas que promovam o desenvolvimento da região.

“Quando assumi, o presidente me disse que Itaipu, além de produzir energia – o que sempre fez muito bem -, passasse a olhar com mais carinho os problemas sociais da região e ampliasse ainda mais sua atuação ambiental”, conta Samek.

O programa “Cultivando Água Boa”, por exemplo, engloba ações e projetos em conjunto com diversos parceiros e já conseguiu redução significativa nos passivos ambientais.

Samek cita ainda a atuação da Plataforma Itaipu de Energias Renováveis, que estimula produtores de suínos e aves a investirem na produção de energia a partir dos dejetos animais.

Além de evitar a poluição do meio ambiente, a energia gerada pode alimentar a propriedade e garantir renda extra, com a venda do excedente para a Copel. O desenvolvimento tecnológico foi outra prioridade de Itaipu.

O principal impulso se deu com a criação do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), que funciona nos antigos alojamentos barrageiros. O PTI incentiva, com bolsas e capacitação, a pesquisa e formação de novos profissionais nas áreas tecnológica e científica. Para isso, faz parceria com universidades, como a Unioeste, que mantém no próprio parque vários cursos de engenharia.

É também graças ao PTI e à importância de Itaipu para o desenvolvimento de toda a região que Foz do Iguaçu foi escolhida pelo presidente Lula para sede da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila).

“A Unila fará de Foz um polo educacional, atraindo professores e estudantes do Brasil e de toda a América Latina”, prevê Samek. O prédio do futuro campus tem projeto assinado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas