O governo do Estado espera para esta semana o fechamento dos primeiros acordos com as concessionárias que operam nas praças de pedágio do Paraná. O procurador-geral do Estado, Sérgio Botto de Lacerda, deve anunciar amanhã o fechamento da negociações com a Caminhos do Paraná e a Econorte. Embora a Caminhos do Paraná negue a informação, o acordo deve se dar em torno da redução da a tarifa no lote 4 do Anel de Integração. A redução pode chegar a 28%, segundo estimativa do Palácio Iguaçu.

Quanto à Econorte, que administra o Lote 1 do Anel de Integração, o percentual negociado desejado pelo Palácio é superior a 28%. A proposta do governo é que a empresa concorde em reduzir substancialmente a tarifa em troca da dispensa da realização de algumas obras. O diretor regional da ABCR-PR (Associação Brasileira das Concessionárias de Rodovias – Paraná), João Chiminazzo, disse que a queda de valores proposta pelo governo é difícil de ser atingida.