Foi sancionada na manhã de hoje pelo governador do Paraná, Roberto Requião, a lei que proíbe fumo em locais fechados de uso coletivo no Estado. A partir de hoje, os estabelecimentos têm 60 dias para se adequar à nova lei. Com a sanção, os locais antes reservados para fumantes, os fumódromos, não poderão mais existir.

No momento da assinatura da lei na Escola de Governo, o governador aproveitou para atacar a indústria tabagista e citou doenças como o câncer provenientes do fumo.

O órgão responsável pela fiscalização será a Vigilância Sanitária. A multa nestes casos pode chegar a quase R$ 6 mil para o estabelecimento que descumprir a lei.

Mais informações na edição desta quarta-feira dos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná.