O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou ontem, 3, que uma das principais queixas que apareceram nas recentes manifestações pelo País, o mau funcionamento dos serviços públicos, é um problema de gestão, e não de legislação.

A declaração foi dada em São Paulo, pouco antes de Mendes participar, no Instituto Fernando Henrique Cardoso, no centro da cidade, de uma gravação com o ex-presidente sobre a Constituição de 1988, que completa 25 anos em outubro. “Temos que fazer esforços para obtermos soluções dentro dos parâmetros estabelecidos na Constituição e não fora dela”, disse o ministro, ao comentar as recentes propostas do governo Dilma Rousseff e as manifestações de rua. “Mau funcionamento do serviço público é muito mais uma questão de gestão do que de legislação”, disse o ministro, que foi advogado-geral da União no governo FHC.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.